Varanasi – Índia – 07 de outubro

Varanasi, como disseram nossos amigos é a verdadeira Índia. Talvez seja porque a cidade em certos momentos te engole por inteiro. Todo o movimento que vimos até agora não passou nem perto do que vimos por aqui. Tudo vezes 10. Mais gente, mais rickshaws (bicicleta e motorizado), mais vacas, mais cabras e mais espiritualidade. Varanasi é a capital cultural da Índia. Cidade por onde passa o rio sagrado Ganges, onde a morte e a vida se encontram. A cidade de Shiva é um dos locais mais sagrados da Índia onde peregrinos hindus vêm lavar os pecados da vida no Ganges ou cremar seus entes amados. Foi primeiro chamada de Benares ou Kashi (cidade da luz) e foi renomeada em homenagem aos rios Varuna e Asi que se encontram aqui. Sempre foi um lugar auspicioso para morrer, já que ao morrer aqui você encontra moksha, a liberação do ciclo de vida e morte. O venerado rio é o coração do universo hindu, uma mistura do mundo espiritual e físico. Um símbolo eterno da esperança de gerações do passado, presente e futuro. A mágica e intensa cidade é onde a maior parte dos rituais de vida e morte acontece em público nos ghats (portal/acesso). A possibilidade de assistir aos rituais antigos cativa os visitantes e uma caminhada ou passeio de barco pelo rio é uma das experiências mais interessantes na Índia.
Nós chegamos em Varanasi de tardezinha e fomos até a beira do rio onde toda noite uma cerimônia é realizada por Brahmanis. O rio este ano está bem cheio porque choveu muito. Turistas e indianos se misturam observando a cerimônia.
De manhã fomos conhecer a cidade velha. Imagine uma cidade medieval. Ruelas muito estreitas onde tudo acontece. Lojas de roupas, de flores, de deuses, mercados de frutas e vegetais, casas, padarias, lanchonetes e uma viela que varia de 1 a 2 metros de largura. É possível uma pessoa caminhar ao lado da outra, porém as pessoas são só parte da comunidade. Vacas, bois, cabras, cachorros e macacos também andam pelas ruas. É um pouco assustador estar caminhando e olhando para os lados quando de repente um búfalo vem em sua direção. Sempre calmo. Você se espreme um pouco e ele passa tranquilamente. Atrás dele tem uma bicicleta ou às vezes uma moto. Essa é uma característica engraçada da Índia. Vacas, bois, búfalos e cachorros são MUITO calmos. Não vi nenhum com cara de bravo. Nenhum cachorro vai atrás de você. E as vacas parecem se encaixar perfeitamente em um ambiente que não tem nada a ver com elas.
Barat et sub cu milega – Tudo é possível na Índia. Repetimos essa frase continuamente.
Na cidade antiga também se vê muitas procissões com corpos embrulhados em panos coloridos. Os homens carregam os corpos e vão passando cantando em direção ao fogo sagrado. Alguns não podem ser cremadas no fogo sagrado: mulheres grávidas, crianças com menos de 10 anos, pessoas picadas de cobra, sadus, leproso e animais. O fogo está aceso faz mais de 3.000 anos. Muitas pessoas ao sentirem que estão perto de da morte vão para Varanasi esperar morrer. No caminho para o rio se vê muitas pessoas sentadas. Alguns são sadus, pessoas que se desapegaram completamente do mundo material e passam o tempo orando e meditando. Vivem de esmolas. Outros não dá para saber se são mendigos ou sadus.
O clima no rio é alegre. Muitos tomam banho, outros rezam e uma grande quantidade de pessoas recolhe um pouco da água do rio que é considerada sagrada.
A cidade é caótica e intensa e aos poucos vai te cativando. Ao ver tantas pessoas juntas, tanto movimento e nenhum acidente ou violência o que vem a mente é uma tremenda conexão. Um fluxo do qual todos fazem parte e por alguns momentos o visitante se sente parte desse ritmo de vida e morte de maneira muito mais tangível do que no dia a dia da rotina.

 

Anúncios

4 comentários em “Varanasi – Índia – 07 de outubro

  1. Oi Re e Fabi, fantasticas as fotos, os filmes e muito bacana a montagem das imagens. Gostaria de ver você dirigindo um destes “taxis”… Muito legal o relato da viagem. Estamos curtindo muito. Bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s